Sucesso no teatro, Antonio Fagundes diz que séries copiam novelas

Sucesso no teatro, Antonio Fagundes diz que séries copiam novelas

Miguel Arcanjo Prado esteve com Antonio Fagundes para uma entrevista exclusiva no Teatro da Pontifícia Universidade Católica ( TUCA), em São Paulo.

Considerado um dos maiores atores brasileiros de televisão, teatro e cinema, Fagundes contou, em detalhes, tudo sobre a peça "Baixa Terapia".

Ele revelou que a ideia da peça surgiu na Argentina quando foi assistir ao espetáculo pela primeira vez e decidiu comprar os direitos para produzir aqui no Brasil.

A comédia de Matias Del Federico gira em torno de três casais que vão para a terapia, mas a psicóloga acaba não comparecendo.  Então os casais revolvem prosseguir com a consulta mesmo assim. O elenco conta com Mara Carvalho, Fábio Espósito, Ilana Kaplan, Alexandra Martins, Bruno Fagundes e direção de Marco Antônio Pâmio.

Na entrevista exclusiva, Fagundes relembrou sua trajetória, o começo da carreira no teatro, sua passagem pela TV Cultura, TV Tupi e então Rede Globo. Ele revelou ainda que produz seus espetáculos sem patrocínio e analisou o encerramento das atividades de alguns teatros no Rio de Janeiro.

O trabalho na televisão mais recente do ator foi em "Velho Chico", como Coronel Afrânio. Antonio Fagundes relembrou a personagem, afirmou que volta para a televisao somente no proximo ano, falou da sua paixão pelo teatro,  da transição dos palcos para as telinhas e como está sendo atuar com o seu filho Bruno Fagundes.

O ator ainda comparou a producao das series da Netflix com as novelas brasileiras.

"Baixa Terapia" já contou com aproximadamente 30 mil espectadores e fica em cartaz até o dia 1 de outubro, no TUCA.

Confira: