NEWSDaniel Baddini

Zé Neto e Cristiano se emocionam ao revisitar raízes no interior de São Paulo em quadro do Hora do Faro de domingo, 06/10

NEWSDaniel Baddini
Zé Neto e Cristiano se emocionam ao revisitar raízes no interior de São Paulo em quadro do Hora do Faro de domingo, 06/10

No próximo domingo, 06/10, o Hora do Faro contará a trajetória de uma das duplas sertanejas de maior sucesso no Brasil, além de revelar ao país a história de superação de uma escritora que começou a vida como catadora de recicláveis e, hoje, acumula nove livros publicados. 

O apresentador Rodrigo Faro vai à cidade de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, descobrir quais são as origens da dupla Zé Neto & Cristiano. Durante a emocionante visita, Faro conduz os sertanejos por importantes locais do passado dos meninos - que se conhecem desde a primeira infância, mostrando como viviam antes da fama e tudo que tiveram que passar para alcançarem o estrelato.

Faro conhecerá a casa nova de Cristiano, que conta com um cômodo inusitado: um “quarto dos sonhos” do sertanejo, cuja decoração é inteira do personagem Batman, super-herói da DC Comics. O trio também segue para a farmácia na qual Cristiano trabalhou. Lá, ex-colegas contam como o artista distribuía cartões de visita para clientes, como forma de divulgar sua carreira de cantor. Inclusive, foi em um desses atendimentos que Cristiano conheceu quem viria a ser seu empresário.

Foto: Reprodução / Internet

Foto: Reprodução / Internet

Em meio a divertidos “causos” sobre a longa amizade e o começo da dupla, e recordações comoventes sobre as dificuldades que passaram, Faro e os músicos percorrem a antiga casa de Zé Neto, na roça. “A maior riqueza que eu tenho hoje não é o dinheiro, não é o sucesso, não é nada... é a família que eu tenho, a estrutura que eles me deram como ser humano”, revela.

 

O cantor apresenta sua “Catarina”, uma caminhonete bem antiga que Zé Neto usava no transporte de lavagem para alimentar os porcos da família. O sertanejo aproveita a oportunidade para fazer Faro e Cristiano encararem a mesma função e alimentarem os animais. No domingo, o público descobrirá como o apresentador se saiu na tarefa e muito mais!

Débora, a escritora das latas

Conhecida como a “poeta das ruas”, Débora Moreno é um exemplo de vida! Moradora do Morro do Estado, em Niterói, no Rio de Janeiro, ela se viu obrigada a catar recicláveis com apenas seis anos de idade para ajudar na renda da família. Porém, apesar das dificuldades, seus pais sempre fizeram questão de que a menina estudasse.

Sua paixão pela literatura teve início aos sete anos, quando escreveu sua primeira poesia. Com muito esforço, após um longo caminho em que também trabalhou como faxineira, cuidadora de idosos e operadora de telemarketing, conseguiu publicar seu livro de estreia em 2010, aos 35 anos. Das vinte e três obras que finalizou, nove já foram lançadas, uma por ano, sem nenhum incentivo externo.

Convidada para participar da XIX Bienal Internacional do Livro de 2019, no Rio, Débora realizou um antigo desejo no evento: lançar um livro infantil, “Lolita, Braço de Fita”. Atualmente, Débora ganha seu sustento com a venda de seus livros e das bonecas de pano que cria, além de se apresentar em escolas públicas, levando poesia para crianças. Nas apresentações, sempre usa sua famosa capa, formada por 900 latinhas. Entretanto, a escritora ainda tem dois grandes sonhos: se formar em literatura ou pedagogia, e ter uma máquina de costura para fabricar suas bonecas.

Para ajudá-la, Rodrigo Faro armou uma grande surpresa, que o público acompanhará de casa. Débora acabará indo parar, sem saber, no palco do programa e, para ganhar prêmios, precisará topar uma brincadeira chamada “Quem É o Dono?”. Nela, terá de adivinhar a atividade desempenhada pelos participantes do jogo, incluindo um “artista misterioso”, somente olhando para os objetos que levarão. Para dar uma assistência à poeta, Faro convocará o ator Eri Johnson, no ar na novela Topíssima, da Record TV.

O telespectador descobrirá quem é o tal famoso oculto e como será o desfecho da brincadeira no domingo.